18 de Janeiro de 2022: Sindicato há 37 construindo a História dos Policiais Penais do Piauí

0

Neste 18 de janeiro de 2022 comemoramos 37 anos de fundação do SINPOLJUSPI. Em 1985 um grupo de guerreiros que sentiam a necessidade de fortalecimento da categoria se reuniram na Colônia Agrícola “Major César Oliveira” e criaram uma Associação dos Servidores Penitenciários do Piauí (ASPEPI), posteriormente transformada em Sindicato. A data de 18 de janeiro foi instuída como sendo o Dia do Agente Penitenciário no Piauí pela Lei 6.240/2012, por ser o marco da luta sindical, quando foi criada a ASPEPI.

Policiais Penais participam de operações no Sul do Piauí

A luta do Sindicato nestes 37 anos de existência gerou muitas conquistas, tais como: carreira, valorização salarial, dignidade, reconhecimento, padronização, sede própria, concursos, subsídio, insalubridade, auxílio alimentação, promoções e a criação da tão sonhada POLÍCIA PENAL, elevando assim a categoria ao seu merecido destaque como Força Policial de Segurança Pública, com o devido amparo constitucional. Porém, há ainda muito a conquistar. Por isso, a luta não pode parar.

PP Edmilson inspecionando o comportamento dos presos durante o banho de sol em um dos pavilhões da Penitenciária Regional de Esperantina

Em dezembro de 2019, após vários anos de luta e seguidos de mobilização coordenada pela FENASPPEN, obtivemos uma conquista histórica na criação da POLÍCIA PENAL com a Emenda Constituição Federal 104/2019. No ano subsequente, com a luta sindical, conseguiu-se a aprovação da Emenda Constitucional Estadual 56/2020, criando-se, em obediência ao princípio da simetria constitucional, a Polícia Penal do Piauí.

Posse da nova diretoria do SINPOLJUSPI

O SINPOLJUSPI continua lutando, incansavelmente, pela transformação e reclassificação do cargo de agente penitenciário para policial penal, com a devida reestruturação e valorização da carreira, para assim podermos comemorar o dia do POLICIAL PENAL de fato e de Direito.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui