segunda-feira, janeiro 24, 2022
Início Polícia Penal Ação da Polícia Penal evita massacre na Penitenciária José Ribamar Leite em...

Ação da Polícia Penal evita massacre na Penitenciária José Ribamar Leite em Teresina

Policiais Penais da Penitenciária José Ribamar Leite, em Teresina, evitaram o massacre de pelo menos 15 detentos durante uma briga generalizada entre facções rivais ocorrida nesse sábado (30) durante o banho de sol no pavilhão “E”.

Faccionados do PCC (Primeiro Comando da Capital) e PCM (Primeiro Comando de Campo Maior) entraram em atrito por volta das 9h30 da manhã, quando detentos das celas de 11 a 20 que estavam no “banho de sol”, armados com barras de ferro retiradas da estrutura física do estabelecimento, quebraram os cadeados de algumas celas entre 1 a 10 e retiram o corpo de um detento já sem vida da cela 6 e no pátio, com seu sangue, picharam na parede a sigla da facção criminosa PCC.

A carnificina só não se concretizou em relação a vários outros presos em decorrência da ação imediata e eficiente dos Policiais Penais, que estavam na passarela da unidade, que mesmo com um número insuficiente para cobrir a parte superior de toda a unidade, agiram com bravura e logo em seguida o pavilhão sofreu a intervenção direta dos Policiais Penais plantonistas que atuavam no momento em outros pavilhões da penitenciária.

A intervenção exitosa dos Policiais Penais evitou um banho de sangue e ainda manteve intacta a estrutura da unidade penal sem maiores danos.

A guerra declarada entre as facções é fato real que ganhou as ruas numa luta insana por domínio de territórios, impactando em uma criminalidade que tem aterrorizado a sociedade. Estes criminosos acabam, inevitavelmente, se encontrando no ambiente prisional onde procuram agir a revelia da lei. No entanto, a Policia Penal cumpre a missão dada pela Constituição Federal de forma heróica, responsável e com honra, mesmo diante do cenário de superlotação e baixo efetivo.

A Polícia Penal (PP) foi reconhecida pela Constitucao Federal através da Emenda 104/19 e é a Força Policial responsável pela segurança dos estabelecimentos penais. Já na esfera estadual a Emenda Constitucional n° 56/2020, por simetria, inseriu a PP na Constituição do Estado do Piauí.

Mesmo com esses avanços, depois de décadas se luta da categoria, diga-se de passagem, no Piauí, os avanços não acompanham o resto do Brasil, considerando que o Estado ainda não regulamentou a carreira e nem mesmo a nomenclatura fora atualizada.

O contingente da Força é diminuto em relação à população carcerária e em relação às inúmeras atividades diárias exercidas pelos profissionais.

Somente a bravura, destemor e vocação destes abnegados profissionais explicam, mesmo diante de todas as adversidades existentes no sistema prisional, porque estes verdadeiros heróis enfretam e enfrentaram, com risco da própria vida, o dia a dia de uma unidade prisional e suas nuances.

A sociedade espera que o Governo do Estado trate essa categoria com o respeito, que valorize e reconheça esses guerreiros imprescindíveis para a paz social.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS POPULARES

18 de Janeiro de 2022: Sindicato há 37 construindo a História dos Policiais Penais do Piauí

Neste 18 de janeiro de 2022 comemoramos 37 anos de fundação do SINPOLJUSPI. Em 1985 um grupo de guerreiros que sentiam a necessidade de...

Processo de Promoções da Polícia Penal já tramita no Karnak

Conforme anunciado pelo Sindicato, o processo que visa as promoções de 105 Policiais Penais já esta tramitando no Karnak na fase de confecção do...

Polícia Penal do Piauí cria Núcleo de Operações com Cães (NOC) em Bom Jesus

Com um ano e seis meses, Bolt é o primeiro cão policial do Sistema Prisional do Piauí e já está atuando em várias operações...

SINPOLJUSPI se reúne com secretário da Justiça na luta por benefícios para os Policiais Penais

O presidente do SINPOLJUSPI, Vilobaldo Carvalho, esteve reunido na manhã desta quinta-feira (13) com o Secretário da Justiça, Carlos Edílson, tratando de demandas da...

COMENTÁRIOS RECENTES