Polícia Penal do Piauí solidifica controle da Penitenciária José Ribamar Leite em Teresina

0
46
Ex-diretores Edinaldo Santana e José de Melo, ambos Policiais Penais

Há décadas sendo administrada por policiais militares, a Penitenciária José Ribamar Leite, antiga Casa de Custódia de Teresina, passou por mudanças extraordinárias nos últimos 10 meses com a gestão dos Policiais Penais Edinaldo Santana e José de Melo. Em 2021, a categoria ficará novamente à frente da direção da unidade, com os novos gestores João Veloso e Reginaldo Medeiros.

“Essa importante mudança foi iniciada em 1° de março de 2020 e sentida de imediato pelos Policiais Penais plantonistas da unidade, em decorrência da nova postura de tratamento implementada pelos novos gestores, incluído os integrantes do GTP (Grupo Tático Prisional), que é o escudo e braço forte dos Policiais Penais de todo o Estado, pois nos momentos de crise e em tempos de paz auxilia aos gestores das unidades na implementação e manutenção de protocolos de segurança no interior dos presídios, bem como nos protocolos administrativos”, ressaltou o presidente do SINPOLJUSPI, Kleiton Holanda.

Presidente do SINPOLJUSPI e integrantes do Grupo Tático Prisional

De acordo com o vice-presidente do SINPOLJUSPI, Vilobaldo Carvalho, a busca do reconhecimento social e da valorização profissional sempre foi princípio base nas atuações do sindicato.

“Pela primeira vez constatou-se a categoria, em especial os plantonistas da unidade, engajados e com esperança renovada no exercício de suas funções, graças ao respeito e tratamento urbano e cortês ofertados a eles pela nova equipe gestora”, destacou Vilobaldo Carvalho.

Segundo Natanael Carvalho, diretor do SINPOLJUSPI e plantonista na Penitenciária José Ribamar Leite, as mudanças ocorreram e atualmente todos os segmentos relacionados ao sistema prisional reconhecem publicamente o avanço.

“O tempo em que a Penitenciária José Ribamar Leite era objeto constante de chacota e piada nacional, em virtude dos desmandos e imoralidade publicamente divulgada, passou e a categoria dos Policiais Penais do Piauí não aceitará retrocesso de nenhum viés e sob nenhum pretexto”, frisou.

Para Verlene Vieira, diretora do SINPOLJUSPI e Polícia Penal plantonista, a Polícia Penal provou em pouco menos de um ano à frente da gestão da Penitenciária José Ribamar Leite que sabe gerenciar e que precisa tão somente que o Estado do Piauí ofereça as devidas condições.

“Dez meses se passaram e os Policiais Penais Edinaldo Santana e José de Melo saem da gerência com o dever cumprido, mesmo sentimento irradiado em todos da categoria”, comentou.

Diretores do SINPOLJUSPI com o novo diretor João Veloso, vice Reginaldo Medeiros e Policiais Penais plantonistas

O presidente do SINPOLJUSPI deseja uma boa gestão aos novos diretores da Penitenciária José Ribamar Leite.

“Aos novos gestores e também Policiais Penais João Veloso e Reginaldo Medeiros, a categoria e o SINPOLJUSPI os abraçam e os apoiam nesta nova missão, desejando que eles continuem e aprimorem as técnicas e procedimentos implementados pelos anteriores, mas acima de tudo, que continuem zelando e respeitando aqueles que há mais de 30 anos sustentam quase que literalmente nas costas aquela unidade que são os Policiais Penais plantonistas”, declarou Kleiton Holanda.

 

Polícia Penal do Piauí
Assessoria de Comunicação
Instagram: @sinpoljuspi_fenaspen
Youtube: sinpoljuspi fenaspen
(86) 3226-3090
contato@sinpoljuspi.com.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui