Vilobaldo Carvalho toma posse como novo presidente do SINPOLJUSPI

0
25
Vilobaldo Carvalho toma posse como novo presidente do SINPOLJUSPI

A nova diretoria do Sindicato dos Policiais Penais do Piauí (SINPOLJUSPI) tomou posse na noite dessa segunda-feira (12) durante solenidade na sede. Pela terceira vez, Vilobaldo Carvalho será o presidente do sindicato para o triênio 2021/2024.

O novo presidente agradeceu a categoria pela participação nas eleições e por terem comparecido na votação, ocorrida no dia 11 de junho. A nova diretoria tem como 1º vice-presidente, Acácio Castro, e o 2º vice-presidente, Jean Berão.

Vilobaldo Carvalho fala sobre novos desafios como presidente do SINPOLJUSPI

“Nós teremos um mandato de enormes desafios pela frente. Estamos ainda na pandemia, por isso temos demandas da categoria que estão reprimidas, mas nós temos a experiência e isso aumenta ainda mais nossa responsabilidade. Eu sei que a classe tem expectativas, mas nós temos a sensibilidade e a responsabilidade de fazer bem feito. Eu não posso decepcionar a categoria, pois construí uma história com o Sindicato e vamos colocar em prática, e essa vai ser a prioridade da nossa gestão, a Carta Proposta durante a campanha. Inclusive vamos estabelecer metas e prioridades, principalmente neste ano vamos tentar atender algumas delas, como por exemplo, a reposição inflacionária e a transformação do cargo de Agente Penitenciário em Policial Penal por lei”, declarou Vilobaldo Carvalho.

Acácio Castro, vice-presidente do SINPOLJUSPI

Pela primeira vez como vice-presidente do SINPOLJUSPI, Acácio Castro está no sindicato desde 2015. Ele começou como tesoureiro e foi diretor jurídico.

“A responsabilidade é grande. Sabemos da importância do SINPOLJUSPI para a categoria, as demandas e as dificuldades impostas pelo governo, que deveria propiciar mais condições. Estamos aqui reafirmando o compromisso de trabalhar com mais afinco para o crescimento da nossa classe”, comentou Acácio Castro.

O secretário de Justiça, Carlos Edilson, desejou sucesso e uma gestão exitosa a nova diretoria do conselho penitenciário do sindicato.

Kleiton Holanda, secretário Carlos Edilson e Vilobaldo Carvalho

“Sempre será uma satisfação trabalhar em conjunto. O Sindicato e a Secretaria têm o mesmo propósito, que é o bem do sistema prisional. Eu acredito muito que com o diálogo e trabalhando com pautas conjuntas, nós poderemos avançar bem mais. Não existe Secretaria de Justiça sem um Sindicato, assim como o inverso, nós temos que andar de mãos dadas e buscando o melhor para o sistema penitenciário do Piauí”, destacou.

Nova diretoria do SINPOLJUSPI

O ex-presidente do SINPOLJUSPI, Kleiton Holanda, avaliou a sua gestão de três anos como positiva. Ele destacou as conquistas mais recentes do Sindicato, como a evolução do quadro pessoal, realização do concurso e a nomeação dos novos Policiais Penais, promoções dos servidores, melhorias na sede do Sindicato e do Clube.

“Para as unidades prisionais a luta sempre se manteve na dignidade e trabalho do Policial Penal. Mesmo com a pandemia e perdas de muitos colegas de profissão, o Sindicato sempre esteve presente. Estamos unidos para trabalhar pela reposição inflacionária e a reforma do nosso Estatuto para trazer melhorias ao Policial Penal. Nessa nova gestão será de muita cobrança e muita luta”, disse.

Kleiton Holanda ainda destacou a luta do SINPOLJUSPI na conquista da promulgação da Emenda Constitucional 104, pelo Congresso, em 04 de dezembro de 2019, e na Assembleia Legislativa do Piauí, no ano seguinte, mas ressaltou que falta a alteração na nomenclatura de Agente Penitenciário para Policial Penal.

“O Governo do Estado ainda nos deve a reforma do estatuto, o nome já foi ganho em 2019 no Congresso, aqui no Piauí já em 2020, mas o estado tem que regulamentar a nomenclatura. Nós apresentamos uma série de documentos, tivemos reuniões para tratar do assunto com o secretário Osmar Júnior e esperamos a evolução dessa nomenclatura, pois hoje as polícias estão integradas, o sistema prisional estão fazendo parte de operações com muita garra e esforço, com determinação de cumprir o dever de dar uma tranquilidade para a sociedade”, pontuou.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui